Guia Gessulli
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Economia

Produção agroindustrial volta ao nível pré-pandemia

Indicador do FGV Agro subiu 10,9% em maio em relação ao mesmo mês de 2020

Redação com informações de Valor Econômico
22-Jul-2021 10:45

,
PIMAgro

O Índice de Produção Agroindustrial Brasileira (PIMAgro) calculado pelo Centro de Estudos em Agronegócios da Fundação Getulio Vargas (FGV Agro) registrou mais um avanço expressivo em maio e voltou ao patamar de fevereiro do ano passado, antes de a pandemia do novo coronavírus começar a prejudicar diversos segmentos ligados ao campo.

Segundo o FGV Agro, o indicador subiu 10,9% em relação ao mesmo mês de 2020, impulsionado por uma alta de 27,9% no grupo de produtos não-alimentícios No ramo de produtos alimentícios e bebidas, porém, houve queda de 1%. O PIMAgro é baseado em dados da Pesquisa Industrial Mensal (PIM-PF) do IBGE e nas variações do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-BR), da taxa de câmbio e do Índice de confiança do Empresário da Indústria de Transformação (ICI) da FGV.

Ante abril deste ano, também houve variação positiva, de 3,4%, depois de três baixas mensais seguidas nesse tipo de comparação. “Esse crescimento foi impulsionado pela presença do auxílio emergencial combinada com a redução das restrições de circulação decorrentes da 2ª onda da covid-19. Com a alta de maio, a agroindústria volta, exatamente, ao patamar pré-crise (fevereiro/2020)”, informou o FGV Agro, em nota enviada ao Valor. “Além disso, constata-se que o crescimento, no mês, fez com que a agroindústria eliminasse as perdas acumuladas (de 3,2%) no pior momento da segunda onda de covid-19, entre janeiro e abril de 2021”, completou.

No grupo de produtos não-alimentícios, o avanço interanual foi liderado pelas áreas de têxteis (aumento de 76,2% ante maio de 2020) e borracha (73,9%), que já haviam se destacado positivamente em abril. No caso dos produtos alimentícios e bebidas, os primeiros apresentaram retração de 4,9%, novamente determinada pelos produtos de origem vegetal, enquanto a produção de bebidas voltou a apresentar desempenho positivo (21,4%).

“No acumulado dos últimos 12 meses até maio, a expansão da agroindústria foi de 4,4%. Isto é, a alta no acumulado em 12 meses é menor do que quando se considera apenas os cinco primeiros meses deste ano. Logo, a agroindústria está acelerando em comparação a 2020”, afirma o FGV Agro.

Assuntos do Momento

20 de Setembro de 2021
Análise de Mercado

Preço do quilo frango vivo tem cenários diferentes nas principais praças

Segunda quinzena de setembro fechou sua primeira semana com contrastes no preço do frango vivo; em Santa Catarina ocorreu uma forte queda; já no Paraná, ligeira alta e nas demais praças houve estabilidade.

14 municípios do PR superam R$ 1 bilhão em Valor Bruto da Produção Agropecuária
23 de Setembro de 2021
Produção

14 municípios do PR superam R$ 1 bilhão em Valor Bruto da Produção Agropecuária

Produção no campo paranaense foi de R$ 128,273 bilhões, estabelecendo mais um recorde, com crescimento real de 21% em relação a 2019

Custos de produção de frangos de corte e de suínos ficam mais caros em agosto
21 de Setembro de 2021
Embrapa

Custos de produção de frangos de corte e de suínos ficam mais caros em agosto

Tanto o ICPFrango quanto o ICPSuíno voltaram a ficar acima da barreira dos 400 pontos, chegando aos 407,53 e 407,15 pontos, respectivamente

Preços do milho seguem tendências distintas entre regiões, mas recuos prevalecem
20 de Setembro de 2021
Insumos

Preços do milho seguem tendências distintas entre regiões, mas recuos prevalecem

De acordo com colaboradores do Cepea, a liquidez segue baixa, com muitos compradores ausentes do mercado – esses agentes sinalizam ter estoques, pelo menos para curto prazo, e estão à espera de novas desvalorizações

Suspensão PIS e COFINS para Importação de Milho
23 de Setembro de 2021
Posicionamento

Suspensão PIS e COFINS para Importação de Milho

A operação beneficia a toda a cadeia produtiva da avicultura e da suinocultura

Isolamento de Salmonella spp. de origem avícola
22 de Setembro de 2021
Análise Laboratoriais

Isolamento de Salmonella spp. de origem avícola

Galinhas infectadas com muitos dos sorovares de Salmonella podem albergar o agente sem apresentarem sinais clínicos, o que torna o isolamento desta bactéria um fundamento básico na prevenção da enfermidade, principalmente em seres humanos

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade