AveSui2021
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Levantamento

Produção global de rações caiu 1% em 2019

Peste suína africana foi um dos fatores na queda de produção, principalmente na Ásia

Caroline Mendes/Redação AI/SI
28-Jan-2020 09:11 - Atualizado em 28/01/2020 12:15

De acordo com a pesquisa global de rações 2020, divulgado pela Alltech na segunda-feira (27/01), a produção global de ração caiu 1%. Queda foi puxada pelas regiões da Asia-pacífico que registrou queda de 5,5% em relação a 2018 e o Oriente Médio com queda de 5,8%.

A produção de ração para suínos foi a que sofreu maior queda chegando a 26%. A região Ásia-Pacífico teve impactos mais sigficativos principalmente pela Peste Suína Africana que dizimou os planteis de suínos no ano de 2019.

Por outro lado, essa crise na região favoreceu outras regiões que incrementaram as exportações de proteína animal, como o Brasil, que aumentou em 34% os embarques. Outro ponto é o aumento da demanda por outras proteínas como aves e bovina. O que incrementou o crescimento da produção de ração para aves

PRODUÇÃO POR ESPÉCIE

A ração para frango de cortes foi a mais produzida em 2019 chegando a 307,3 milhões de toneladas, o Brasil produziu 32,100 milhões desse total.

Mesmo com a queda significativa de 26% na produção de ração de suínos, foram produzidas em 2019 260,9 milhões de toneladas, sendo a segunda maior produção. Em terceiro lugar vem as rações para poedeiras com 157,7 milhões, na sequencia bovinos de leite (129,9), bovinos de corte (115,4), aquicultura (41) e as rações para pets.

MAIORES PRODUTORES

Os maiores produtores de ração em 2019 foram os EUA com 214,4 milhões de toneladas, China com 167,9 milhões e o Brasil com 70,4 milhões.

AveSui2021_dentro

No caso dos EUA a maior parte da ração produzida e destinada a bovinos de corte, 61,093 milhões de toneladas, representando quase 40% de toda ração produzida. Na sequencia ração para frangos de corte (48,525), suínos (44,863) e gado leiteiro (24,100).

Já a China obteve uma retração na produção de rações para suínos, mas um incremento na produção de ração para frango de corte, que foi o responsável pela maior parte da ração produzida ficando em 61,020 milhões de toneladas.

No Brasil o destaque também foi a ração para frangos de corte que representa 45% do total produzido no país. Em segundo lugar a ração para suínos representando 25% da produção e em terceiro lugar a ração para poedeiras com 10% do total.

Quer acompanhar o que acontece na avicultura e na suinocultura?

Siga-nos no Facebook:

https://www,facebook.com/aviculturaindustrial

https://www.facebook.com/suinoculturaindustrial

Acompanhe nosso Linkedin:

https://www.linkedin.com/company/gessulliagribusiness

Precisa de algum serviço ou produto?

Pesquise no Guia Gessulli:

https://www.guiagessulli.com.br/

 

 

Assuntos do Momento

Presidente da Aurora fala sobre expansão da produção avícola, exportações e perspectivas para 2021
23 de Fevereiro de 2021
Live

Presidente da Aurora fala sobre expansão da produção avícola, exportações e perspectivas para 2021

Neivor Canton irá explicar o projeto de crescimento da avicultura da cooperativa em 20%, destacando ainda a expectativa de ampliar os embarques de frango e carne suína para a China em live às 10 horas no canal TV Gessulli

Fornecimento de ovos diminui na Polônia com crise da influenza aviária na UE
24 de Fevereiro de 2021
Europa

Fornecimento de ovos diminui na Polônia com crise da influenza aviária na UE

Cerca de 5 milhões de aves já foram abatidas na Polônia, o maior produtor de aves da União Europeia, mostraram os dados da inspetoria veterinária local.

AveSui2021_dentro
Katayama Alimentos investirá  R$ 15 milhões em 2021
26 de Fevereiro de 2021
Economia

Katayama Alimentos investirá R$ 15 milhões em 2021

A indústria avícola teve incremento de 40% em seu faturamento de 2020 e anuncia para este ano um aumento do plantel de aves e aposta nas exportações para Ásia e Oriente Médio

Produtora de carne de frango São Salvador Alimentos protocola pedido de IPO
25 de Fevereiro de 2021
Mercado

Produtora de carne de frango São Salvador Alimentos protocola pedido de IPO

Fundada há mais de quarenta anos, a empresa tem uma capacidade diária de abate de aproximadamente 520 mil aves e vende para mais de 23 mil clientes por mês no Brasil e em 38 países

 

Cobb destaca importância dos ângulos de viragem para melhor eclodibilidade e qualidade do pintinho
25 de Fevereiro de 2021
Dicas Técnicas

Cobb destaca importância dos ângulos de viragem para melhor eclodibilidade e qualidade do pintinho

Por Scott Jordan, especialista em Incubação e Serviços Técnicos da Cobb-Vantress

VBP do agro atinge R$ 1 tri em 2021; avicultura crescerá 22,5%
24 de Fevereiro de 2021
Crescimento

VBP do agro atinge R$ 1 tri em 2021; avicultura crescerá 22,5%

A estimativa do Ministério da Agricultura indica que o Valor Bruto da Produção na pecuária crescerá 5,1% neste ano, puxado por setores como frango, carne bovina e leite

Mais assuntos do momento