Guia Gessulli
21-Out-2019 12:11 - Atualizado em 21/10/2019 12:22
No Paraná

Produzir frango ficou mais caro em setembro, aponta Cias

O custo de produção do quilo do frango de corte vivo no Paraná passou de R$ 2,83 em agosto para R$ 2,88 em setembro

Resumo da Notícia

  • A produção de frango de corte no Paraná ficou mais cara em setembro
  • ICPFrango teve o segundo mês consecutivo de alta
  • Custo do quilo do frango de corte vivo chegou a R$ 2,88

A produção de frango de corte no Paraná ficou mais cara em setembro, de acordo com o levantamento de custo de produção da Embrapa Suínos e Aves. A Central de Inteligência de Aves e Suínos (Cias) aponta que o ICPFrango teve o segundo mês consecutivo de alta, desta vez a 1,55%. Com isso, o índice chegou a 22,51 pontos.

O ICPFrango acumula uma variação de positiva de 2,12% em 2019 e registrou a pontuação mais alta do ano justamente em setembro. O custo de produção do quilo do frango de corte vivo no Paraná passou de R$ 2,83 em agosto para R$ 2,88 em setembro, valor calculado a partir dos resultados em aviário tipo climatizado em pressão positiva.

Os índices de custos de produção foram criados em 2011 pela equipe de socioeconomia da Embrapa Suínos e Aves e Conab. Santa Catarina e Paraná são usados como estados referência nos cálculos por serem os maiores produtores nacionais de suínos e de frangos de corte, respectivamente.

Redação AI
Deixe seu Recado