Guia Gessulli
08-Fev-2018 14:27
Veterinária

Projeto promove vacinação gratuita de galinhas caipiras em Uberlândia

A campanha é voltada para o pequeno produtor

Professores e alunos dos cursos de graduação e pós-graduação da Faculdade de Medicina Veterinária (Famev) da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) estão promovendo uma campanha gratuita de vacinação de galinhas caipiras em Uberlândia e região. O projeto de extensão, chamado “Vacinação e avaliação do status epidemiológico de galinhas caipiras da região de Uberlândia-MG”, é guiado pela normativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) que torna a vacinação obrigatória para criações acima de 1 mil aves, o que torna a imunização mais rígida para as de granja.

Realizado pela Famev em parceira com o Centro de Incubação de Empreendimentos Populares Solidários (Cieps) e apoiado por empresas privadas a campanha é voltada para ao pequeno produtor.

"Através de uma pesquisa, nós percebemos que as galinhas caipiras da região estavam com um número alto de mortalidade, devido às doenças. Sendo assim, criamos a campanha para instruir os produtores e para amenizar o problema", explicou ao G1 a professora Belchiolina Beatriz Fonseca, coordenadora do projeto.

Para participar da vacinação é necessário atender alguns requisitos: residir em Uberlândia ou em regiões próximas e possuir galinhas caipiras com um plantel de no mínimo 30 e no máximo 900 aves. Em seguida, é preciso enviar um e-mail para [email protected] ou [email protected], informando o interesse em fazer parte da campanha.

Após esse primeiro contato, o proprietário das aves irá receber uma ficha cadastral que, após preenchida, será avaliada de acordo com alguns critérios como número de aves, demanda, localização, tipo de produção, perfil do produtor, entre outros. As propriedades escolhidas terão suas aves vacinadas, após coleta de sangue dos animais para identificar quais vacinas cada animal necessita. Além disso, o avicultor receberá orientações sanitárias dos pesquisadores, informou a assessoria de imprensa da UFU.

Redação
Deixe seu Recado