Yamasa
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie

Redução de 11% na oferta estimula preços do frango no Sul

Gazeta Mercantil
14-Ago-2002 09:51 - Atualizado em 20/04/2016 14:35
Redação AI 14/08/2002 - A decisão dos criadores e abatedouros do Sul de reduzir em 11% a oferta de frangos já começa a dar resultados em duas frentes: o preço da carne no atacado subiu e houve uma redução do preço dos pintos de corte. A região responde por 70% da produção nacional que, neste ano, poderá superar as 7 milhões de toneladas de carne. A medida foi tomada há 15 dias.

No Paraná, o preço do quilo de frango no atacado subiu mais de 30% em uma semana, de R$ 1,2 para algo entre R$ 1,55 e R$ 1,6. No Rio Grande do Sul, que possuía preços melhores no atacado, o acréscimo foi menor, de 10%. O preço subiu de R$ 1,45 para R$ 1,6.

A subida ainda não satisfaz os produtores, que afirmam que os preços só cobrem os custos de produção. "Depois de quatro meses no vermelho, apenas chegamos ao azul, mas precisamos repor perdas", diz Evaldo Ulinski, vice-presidente da Associação dos Abatedouros e Produtores Avícolas do Paraná-Avipar.

Segundo as associações de produtores da região, a alta no atacado não deverá ser repassada ao consumidor. Isso porque as redes varejistas deverão reduzir suas margens de lucro. "Elas podem fazer isso porque compravam o frango a R$ 1,2 e vendiam a R$ 1,9", afirma Ulinski.

A produção de pintos de corte - outro elo da cadeia produtiva - também já foi obrigada a ceder à pressão de criadores e frigoríficos. O preço do filhote caiu quase 40% no Paraná, de R$ 0,44 para R$ 0,27, e mais de 30% no Rio Grande do Sul, de R$ 0,34 para R$ 0,22.

Aumento nas exportações

Além da redução de alojamentos de pintos e matrizes, uma pequena elevação das exportações em julho contribuiu para o aumento no mercado interno. O Brasil embarcou 139 mil toneladas em julho, 45 mil toneladas a mais que em junho.

No primeiro semestre, as exportações somaram 613 mil toneladas, superando as 590 mil do mesmo período de 2001. Mas o volume ficou abaixo da expectativa. O excesso de frango atingiu 89 mil toneladas por mês no primeiro semestre. A produção nacional cresceu quase 17%, atingindo 3,6 milhões de toneladas.

Assuntos do Momento

Presidente da Aurora fala sobre expansão da produção avícola, exportações e perspectivas para 2021
23 de Fevereiro de 2021
Live

Presidente da Aurora fala sobre expansão da produção avícola, exportações e perspectivas para 2021

Neivor Canton irá explicar o projeto de crescimento da avicultura da cooperativa em 20%, destacando ainda a expectativa de ampliar os embarques de frango e carne suína para a China em live às 10 horas no canal TV Gessulli

Fornecimento de ovos diminui na Polônia com crise da influenza aviária na UE
24 de Fevereiro de 2021
Europa

Fornecimento de ovos diminui na Polônia com crise da influenza aviária na UE

Cerca de 5 milhões de aves já foram abatidas na Polônia, o maior produtor de aves da União Europeia, mostraram os dados da inspetoria veterinária local.

AveSui2021_dentro
VBP do agro atinge R$ 1 tri em 2021; avicultura crescerá 22,5%
24 de Fevereiro de 2021
Crescimento

VBP do agro atinge R$ 1 tri em 2021; avicultura crescerá 22,5%

A estimativa do Ministério da Agricultura indica que o Valor Bruto da Produção na pecuária crescerá 5,1% neste ano, puxado por setores como frango, carne bovina e leite

Produtora de carne de frango São Salvador Alimentos protocola pedido de IPO
25 de Fevereiro de 2021
Mercado

Produtora de carne de frango São Salvador Alimentos protocola pedido de IPO

Fundada há mais de quarenta anos, a empresa tem uma capacidade diária de abate de aproximadamente 520 mil aves e vende para mais de 23 mil clientes por mês no Brasil e em 38 países

 

Cobb destaca importância dos ângulos de viragem para melhor eclodibilidade e qualidade do pintinho
25 de Fevereiro de 2021
Dicas Técnicas

Cobb destaca importância dos ângulos de viragem para melhor eclodibilidade e qualidade do pintinho

Por Scott Jordan, especialista em Incubação e Serviços Técnicos da Cobb-Vantress

Copacol  atinge a marca de 2 bilhões de aves abatidas na Unidade Industrial de Cafelândia
25 de Fevereiro de 2021
Cooperativa

Copacol atinge a marca de 2 bilhões de aves abatidas na Unidade Industrial de Cafelândia

O volume acumulado em praticamente 39 anos do início das operações da estrutura industrial demonstra o crescimento contínuo da avicultura na Cooperativa

Mais assuntos do momento