AveSui2021
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Projeção

Resultado da BRF em 2020 será positivo, afirma CEO

Mesmo com covid-19, empresa deve manter trajetória de lucratividade

Valor
27-Jul-2020 10:32

Mesmo com o impacto negativo da covid-19, a BRF está “caminhando” para ter um ano de “resultados positivos”, afirmou na última sexta-feira o CEO da companhia de alimentos, Lorival Luz.

Em live promovida pela “Exame”, o executivo evitou comentar os resultados do segundo trimestre - que serão divulgados pela companhia em 12 de agosto -, mas ressaltou que a retomada da lucratividade da companhia é consistente.

Após passar por uma reestruturação financeira e operacional, a BRF fechou 2019 no azul, reportando o primeiro lucro anual desde 2015. Durante a live, Luz destacou o processo de recuperação das margens de lucro da empresa e da redução do índice de endividamento.

A margem bruta, que caiu a quase 10%, voltou para o patamar de 25% nos últimos resultados trimestrais divulgados pela BRF. O índice de alavancagem (relação entre dívida líquida e Ebitda), que atingiu um nível considerado preocupante de 6 vezes, caiu a menos de 3 vezes.

De acordo com o CEO da BRF, o objetivo é, com a geração de resultados, reduzir esse indicador de endividamento ainda mais. No início de março, a empresa projetou encerrar o ano com uma alavancagem entre 2,35 vezes e 2,75 vezes.

O executivo não fez comentários sobre a gestão da dívida durante a live, mas a BRF anunciou medidas recentemente, trocando parte do passivo denominado em dólar por dívidas em reais. Com isso, a empresa pode se beneficiar dos juros baixos no Brasil e evitar o impacto da alta do dólar, além de alongar o prazo médio de vencimento das dívidas. No fim de março, a dívida bruta do grupo somava R$ 24,5 bilhões, dos quais R$ 17,9 bilhões são em moeda estrangeira.

Na semana retrasada, a BRF informou que captará R$ 2,2 bilhões em debêntures - os papéis serão o lastro para a emissão de Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA) da securitizadora Vert. A captação será feita em duas séries, com títulos que vencem em sete anos (R$ 705 milhões) e debêntures de dez anos (R$ 1,495 bilhão) e juros anuais de 5,3% e 5,6% ao ano, respectivamente. Os títulos serão corrigidos pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Ao mesmo tempo, a BRF está recomprando US$ 300 milhões (cerca de R$ 1,5 bilhão) em títulos emitidos no exterior e que vencem entre 2022 e 2026. Por esses papéis, a companhia paga juros anuais entre 2,75% e 5,875%

Assuntos do Momento

Brasil recebe autorização da Anvisa e poderá produzir até 400 milhões de vacinas em 90 dias
22 de Abril de 2021
Saúde

Brasil recebe autorização da Anvisa e poderá produzir até 400 milhões de vacinas em 90 dias

O próximo passo é buscar a transferência de tecnologia para dar início à produção dos imunizantes

16 de Abril de 2021
Cooperativa

Em entrevista, CEO da BRF diz que será preciso criar carne a partir de células de animais

Lorival Luz, CEO global da BRF, deu entrevista para UOL sobre tendências e perspectivas da marca

São Salvador Alimentos passa a fabricar produtos industrializados de frango com projeto Marel
20 de Abril de 2021
Mercado

São Salvador Alimentos passa a fabricar produtos industrializados de frango com projeto Marel

O projeto atenderá duas linhas de produção: os embutidos e empanados

BRF consolida a inovação como pilar de transformação e desenvolvimento sustentável
20 de Abril de 2021
Mercado

BRF consolida a inovação como pilar de transformação e desenvolvimento sustentável

Companhia dobrou investimentos em Inovação e P&D nos últimos dois anos e a intenção é aumentar ainda mais em 2021

A diferença entre os preços de ovos brancos e vermelhos é recorde
19 de Abril de 2021
Cotação

A diferença entre os preços de ovos brancos e vermelhos é recorde

Os valores dos dois tipos de ovos estão em alta, impulsionados pelas vendas aquecidas

Evonik faz investimento complementar na In Ovo em apoio ao lançamento da máquina para teste de  sexagem em ovos
20 de Abril de 2021
Mercado

Evonik faz investimento complementar na In Ovo em apoio ao lançamento da máquina para teste de sexagem em ovos

Startup atinge o estágio de comercialização de sua tecnologia. Determinação rápida e confiável da sexagem de embriões dentro do ovo agora é possível em escala. Tecnologia permite aos produtores de ovos evitar o descarte de pintos machos, procedimento que será proibido na Alemanha a partir de 2022

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade