AveSui
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Economia

Rio Branco Alimentos, dona da marca Pif Paf, cancela IPO

Desistências de ofertas públicas inicias de ações já somam 64 no ano

Redação com informações de Valor
13-Out-2021 08:36

A Rio Branco Alimentos, dona da marca Pif Paf, cancelou sua oferta pública inicial de ações (IPOs, na sigla em inglês), segundo consta no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Com isso, as desistências de IPOs este ano já somam 64 casos.

O número, no entanto, considera empresas que desistiram da oferta via Instrução CVM 400, mas acabaram emplacando IPO com esforços restritos, com base na Instrução 476. É o caso de Dotz, Livetech, 3Tentos, Agrogalaxy, BR Partners, G2D e Infracommerce, entre outras.

Seja como for, a lista de desistências pode aumentar. Duas ofertas que estavam previstas para a semana passada não se concretizaram. A Environmental ESG interrompeu o processo em meio à volatilidade do mercado, enquanto a Comerc desistiu do IPO às vésperas do processo e viu metade da companhia ser comprada pela Vibra (antiga BR Distribuidora).

No sistema da CVM constam ainda 11 ofertas com processo interrompido, a pedido das empresas, conforme permite o artigo 10 da Instrução 400, por um período máximo de até 60 dias úteis. São elas: Alphaville, Dori Alimentos, Environmental ESG, Madero, CSN Cimentos, Conasa, Intercement Brasil, Bluefit Academias, Althaia Farmacêutica, Tópico Locações de Galpões e Humberg Agribrasil.

No seu prospecto preliminar, que havia sido protocolado em fevereiro, a Rio Branco dizia que produz aproximadamente 23 mil toneladas de produtos acabados por mês, que são distribuídos por meio de centros estrategicamente posicionados e aliados a uma rede de logística. No ano passado, a companhia teve receita líquida de R$ 2,68 bilhões, com um lucro líquido de R$ 147,9 milhões.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade