Eurotec
25-Set-2019 07:00
Grãos

Santa Catarina deve colher 3,73% mais soja e 3,16% menos milho verão

Segundo o Epagri/Cepa, o incremento de diversas culturas de verão se deve à queda de produtividade verificada na safra anterior, prejudicada principalmente pelo excesso de calor

 Estado de Santa Catarina deve colher 2,4 milhões de toneladas de soja na safra 2019/20, 3,73% a mais que na temporada anterior, segundo divulgou, em nota, o Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa). A área plantada também deve crescer, 1,05% ante 2018/19. A produtividade média das lavouras de soja está estimada em 3,6 toneladas por hectare, 2,64% maior. “Isso se a estiagem não permanecer”, destaca analista de socioeconomia e desenvolvimento rural da Epagri, Gláucia Padrão. Segundo ela, a safra 2019/20 vem sendo marcada por uma estiagem que já dura cerca de três meses. “Até o momento foram identificados atrasos nos plantios em praticamente todas as culturas de verão e desistências de alguns produtores na implantação de algumas áreas de inverno”, esclarece a analista.

Segundo o Epagri/Cepa, o incremento de diversas culturas de verão se deve à queda de produtividade verificada na safra anterior, prejudicada principalmente pelo excesso de calor. “A elevação de produtividade deve compensar a queda na área plantada em importantes culturas”, explica Gláucia.

Já o milho verão segue na direção contrária. Os catarinenses devem colher 2,8 milhões de toneladas do grão. A estimativa indica uma queda de 3,16% no volume de produção ante a temporada anterior. Ainda de acordo com o Epagri/Cepa, em decorrência do momento vivido pelos produtores no mercado e da relação de troca entre milho e soja, a área plantada do grão não deve ultrapassar a 342.422 hectares, ficando 1,07% menor em comparação a 2018/19. A produtividade também deve cair 2,12%.

Estadão
Deixe seu Recado