Guia Gessulli
16-Jan-2017 13:22
Sanidade

Setores público e privado se unem contra influenza no RS

Uma reunião na sexta-feira (13), na Secretaria da Agricultura do Rio Grande do Sul, definiu encaminhamentos para
evitar a entrada da influenza aviária no estado. Participaram do encontro, representantes da Seapi, Ministério da Agricultura, Fundesa e Asgav. O objetivo foi determinar ações efetivas para aumentar a vigilância preventiva e  minimizar prejuízos no caso da entrada da doença no país, já que houve a confirmação de casos no Chile no começo deste mês.

Entre os encaminhamentos do encontro, ficou definido que o Fundesa irá avaliar com celeridade as demandas que envolvam a aquisição de equipamentos e insumos para prevenção e controle da doença. "A atuação rápida para o controle de uma enfermidade como esta faz toda a diferença para minimizar prejuízos e preservar a saúde", afirma o presidente do Fundesa, Rogério Kerber.

Um dos produtos que deverá ser adquirido através do repasse de recursos é um macacão especial, semelhante aos utilizados pelos astronautas, com alto nível de biossegurança, que impede o vírus de atingir técnicos que irão atuar em caso de detecção da doença. "São equipamentos fundamentais para garantir a segurança de quem estiver trabalhando em eventuais focos", explica o coordenador do Programa Nacional de Sanidade Avícola no RS, Flávio Loureiro.

Outras medidas, como a instalação de rodolúvios e pedilúvios nos postos de fronteira já estão sendo implementadas. A Seapi vai realizar também a vigilância nas propriedades no entorno dos sítios de reprodução de aves  migratórias. Nesta semana uma reunião na Casa Civil começou a articular ações de outros órgãos de Estado para atuação. "Temos que ter
definições sobre temas como a liberação de verbas emergenciais e atividades  da polícia. Isso já ocorre em casos de enchentes e outros desastres naturais e precisamos ter um plano de contingência já preparado", explica o chefe da Divisão de Defesa Agropecuária da Seapi, Marcelo Göcks.

Uma reunião de mobilização preventiva está agendada para o dia 26 deste mês. O diretor executivo da Asgav, José Eduardo dos Santos, afirma que o  encontro terá o objetivo de conscientizar todos os atores do segmento avícola sobre a gravidade da doença e a importância da prevenção.


Safras & Mercados
Deixe seu Recado