Guia Gessulli
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Comentário

Sugestão de programa Mais Milho - por Odacir Klein

Publicação Exclusiva: Avicultura e Suinocultura Industrial
25-Abr-2014 09:40 - Atualizado em 20/04/2016 14:53

Recebi interessante texto do diretor-executivo do Sindicato da Indústria de Produtos Suínos do Rio Grande do Sul – Sips/RS - Rogério Kerber.

A preocupação que ele manifesta é válida não apenas para a suinocultura, mas para a avicultura de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul.

Faz referência às exportações de milho dos dois estados.

Transmito, textualmente, sua mensagem:

“Exportações de milho do RS e SC surpreendem pelo volume embarcado.  Em 2013 o entendimento era pelo cumprimento adicional de contratos não performados em 2012, em razão das condições climáticas adversas na safra de 2012. No RS, com uma produção estimada em 5,3 milhões/ton., um consumo projetado em 5,9 milhões/ton. e uma exportação já consolidada de 0,564 milhões/ton., as aquisições de outro centro produtores, até agora, já indicam 1,164 milhões/ton.”

Como contribuição para a revista alusiva ao 6º Fórum Nacional do Milho, o diretor-executivo do Sips/RS enviou texto defendendo a criação do programa Mais Milho, a exemplo do Mais Pecuária, que abrange carne bovina e leite.

Segundo ele:

“O Programa Mais Milho levaria em consideração a concessão de uma subvenção no custeio da lavoura, para a sua formação nas regiões com déficit entre produção e demanda. Além da questão econômica estaria sendo contemplada a questão ambiental, alívio na pressão sobre a malha viária, dando competividade à produção de carnes de aves e suínas nas áreas com tradição, com proximidade dos portos e considerando a expertise destas produções na Região Sul.”

AveSui2021_dentro

É uma posição lúcida, que foi endossada em texto que recebemos da Associação Brasileira de Proteína Animal – ABPA – presidida pelo ex-ministro Francisco Turra.

O milho é imprescindível para a produção de rações, com vistas à criação de animais e à consequente geração de proteínas para alimentação humana.

Há estados, embora produtores, demandantes dos volumes necessários à complementação do consumo interno. É o caso do Rio Grande do Sul e, mais acentuadamente, Santa Catarina. No entanto, o milho é uma commodity, com preço fixado pelo mercado internacional e o Brasil conquistou posição entre os exportadores mundiais.

No entanto, é fundamental garantir o abastecimento interno. É preciso que haja políticas garantindo financiamento para estocagem do grão nas áreas agroindustriais, além do uso de mecanismos institucionais garantidores de movimentação das safras internamente.

Para tanto, é importante que haja estímulo à produção, através do aumento da produtividade, próximo às regiões de consumo.

Estamos passando este assunto, com as sugestões, ao ministro Neri Geller, que deverá manifestar-se a respeito em texto a ser publicado na revista do 6º Fórum Nacional do Milho.

Assuntos do Momento

Fornecimento de ovos diminui na Polônia com crise da influenza aviária na UE
24 de Fevereiro de 2021
Europa

Fornecimento de ovos diminui na Polônia com crise da influenza aviária na UE

Cerca de 5 milhões de aves já foram abatidas na Polônia, o maior produtor de aves da União Europeia, mostraram os dados da inspetoria veterinária local.

Cobb destaca importância dos ângulos de viragem para melhor eclodibilidade e qualidade do pintinho
25 de Fevereiro de 2021
Dicas Técnicas

Cobb destaca importância dos ângulos de viragem para melhor eclodibilidade e qualidade do pintinho

Por Scott Jordan, especialista em Incubação e Serviços Técnicos da Cobb-Vantress

AveSui2021_dentro
Katayama Alimentos investirá  R$ 15 milhões em 2021
26 de Fevereiro de 2021
Economia

Katayama Alimentos investirá R$ 15 milhões em 2021

A indústria avícola teve incremento de 40% em seu faturamento de 2020 e anuncia para este ano um aumento do plantel de aves e aposta nas exportações para Ásia e Oriente Médio

VBP do agro atinge R$ 1 tri em 2021; avicultura crescerá 22,5%
24 de Fevereiro de 2021
Crescimento

VBP do agro atinge R$ 1 tri em 2021; avicultura crescerá 22,5%

A estimativa do Ministério da Agricultura indica que o Valor Bruto da Produção na pecuária crescerá 5,1% neste ano, puxado por setores como frango, carne bovina e leite

Preço médio dos ovos em fevereiro é o maior da série
01 de Março de 2021
Ovos

Preço médio dos ovos em fevereiro é o maior da série

As cotações elevadas estão atreladas à menor oferta, principalmente de ovos maiores, uma vez que o setor intensificou os descartes das poedeiras mais velhas.

Avicultura de MT renova seguro contra influenza aviária e doença de newcastle
26 de Fevereiro de 2021
Sanidade

Avicultura de MT renova seguro contra influenza aviária e doença de newcastle

Ao todo 300 milhões de aves para corte e 10,5 milhões de aves de postura foram asseguradas contra eventuais ocorrências das duas doenças

Mais assuntos do momento