Guia Gessulli
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Cadastro Ambiental Rural

Tereza Cristina espera analisar dados do CAR e avançar na regularização ambiental em 2021

Mais de 7 milhões de propriedades rurais foram registradas no Cadastro Ambiental Rural. A área total supera 566 milhões de hectares, dois terços do território nacional

Valor
01-Mar-2021 09:45

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse que esse será o ano de implementação do Código Florestal no país. A expectativa dela é conseguir analisar os dados do Cadastro Ambiental Rural (CAR) e avançar com a regularização ambiental das áreas que precisam de recuperação.

Superada esta etapa, o país terá números confiáveis para rebater as críticas na área de meio ambiente. "Estamos tentando, junto com os Estados, colocar o Código Florestal para funcionar. O período para a realização do CAR terminou em dezembro, para ter acesso aos benefícios do código, e esse é o ano da implementação", afirmou em entrevista a uma rádio de Tocantins.

Mais de 7 milhões de propriedades rurais foram registradas no CAR. A área total supera 566 milhões de hectares, dois terços do território nacional.

O Ministério da Agricultura, no entanto, ainda não conseguiu colocar em funcionamento a Plataforma de Análise Dinamizada do CAR, prometida para o ano passado. Pronta e com técnicos estaduais treinados, a expectativa é que as validações dos cadastros, que consistem na avaliação dos dados fornecidos pelo produtor sobre a propriedades e a preservação de vegetação de nativa nelas, comece em 2021.

"Com o CAR feito e colocado à disposição vamos ter números para mostrar que a produção é sustentável, respeita o Código, que está dentro do que o mundo espera", continuou.

A ministra espera que os dados ajudem a melhorar a imagem do Brasil e do agronegócio brasileiro no exterior. "A gente sofre uma propaganda muito ruim lá de fora e aqui de dentro mesmo. Tem gente que combate e acha que agronegócio é o grande vilão do desmatamento, de todas as mazelas ambientais, o que não é verdade", concluiu.

Assuntos do Momento

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade