Guia Gessulli
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Comentário

"Toda família precisa de um agricultor" - Por Coriolano Xavier

Coriolano Xavier

Membro do Conselho Científico para Agricultura Sustentável (CCAS) e Professor do Núcleo de Estudos do Agronegócio da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM).

29-Set-2016 08:39

O slogan é dos gringos, mas bem que podia ser nosso. O que pessoas e empresas de todo o mundo podem encontrar no Google, de uma forma consolidada, sobre o agronegócio do Brasil e de nossos concorrentes?  Este foi o impulso para um oportuno estudo realizado pela ABMRA (Associação Brasileira de Marketing Rural e Agronegócio) e pelo GIG (Global Inteligence Group¹), para descobrir a visibilidade de marketing institucional do agro entre diferentes países, na internet. E o resultado para o Brasil foi pior do que os 7 a 1 contra a Alemanha. Desta vez, o placar foi de 12 a 0.

A pesquisa aprofundou-se em 13 países representativos em exportações e/ou inovações no agronegócio: Brasil, Estados Unidos, Canadá, Peru, Uruguai, China, Austrália, Nova Zelândia, Israel, Bélgica, Espanha, Holanda e Itália. E, como o espaço deste comentário é limitado para se falar de todos, vamos focar em quatro, que expressam situações estratégicas diferentes.

Há o interessante exemplo da Austrália e do site lá desenvolvido pelo “Conselho de Agronegócio da Austrália” (Agribusiness Council of Australia) – uma organização não lucrativa organizada em 2011, que congrega 11 membros eleitos, com o papel de representar o setor junto a decisores chave da economia e do governo. A iniciativa atrai o engajamento do governo, do agro e de empresas, consolidando uma visão articulada do agronegócio australiano e promovendo sua defesa de valor, com ênfase para inovação.

O estudo também mostra que países pequenos podem desenvolver posicionamentos de valor, mundiais. Como é o caso da Bélgica, com um site marcado por slogan forte – “Pequeno país, grandes alimentos” (Small country. Great Food), indicando a provável existência de metas bem definidas de marketing global. E até o nosso vizinho Uruguai criou um posicionamento internacional através de uma “marca de país” – “Uruguay Natural”, que é franqueada a empreendedores do campo.

AveSui2021_dentro

Um caso bem conhecido é o dos Estados Unidos, com o site do USDA (Departamento de Agricultura), que promove de modo exemplar o agro norte-americano e também dedica um foco interessante à valorização do produtor. Dois slogans traduzem a força dessa ação de fortalecimento da percepção urbana sobre o campo: “Toda família precisa de um agricultor” (“Every family needs a farmer”) e “Conheça os produtores, conheça sua comida” (“Know your farmer, know your food”).

O agronegócio brasileiro parece que ainda está devendo no diálogo de marketing com o mundo, quando se pensa na internet. Claro que ele vai muito bem, obrigado. Mas quando se olha para o futuro e se quer um agro com tônus para brigar bem em mercados maduros, que buscam inovações e são muito mais sensíveis a percepções de valor nos produtos, bem que poderíamos estar muito mais à frente na construção da marca “Brasil”.

* 1-Estudo realizado em janeiro de 2016. Buscas realizadas nas três primeiras páginas do Google para País+Agriculture e País+Agribusiness, em inglês, com seleção de sites relevantes.

Assuntos do Momento

Presidente da Aurora fala sobre expansão da produção avícola, exportações e perspectivas para 2021
23 de Fevereiro de 2021
Live

Presidente da Aurora fala sobre expansão da produção avícola, exportações e perspectivas para 2021

Neivor Canton irá explicar o projeto de crescimento da avicultura da cooperativa em 20%, destacando ainda a expectativa de ampliar os embarques de frango e carne suína para a China em live às 10 horas no canal TV Gessulli

Fornecimento de ovos diminui na Polônia com crise da influenza aviária na UE
24 de Fevereiro de 2021
Europa

Fornecimento de ovos diminui na Polônia com crise da influenza aviária na UE

Cerca de 5 milhões de aves já foram abatidas na Polônia, o maior produtor de aves da União Europeia, mostraram os dados da inspetoria veterinária local.

AveSui2021_dentro
Produtora de carne de frango São Salvador Alimentos protocola pedido de IPO
25 de Fevereiro de 2021
Mercado

Produtora de carne de frango São Salvador Alimentos protocola pedido de IPO

Fundada há mais de quarenta anos, a empresa tem uma capacidade diária de abate de aproximadamente 520 mil aves e vende para mais de 23 mil clientes por mês no Brasil e em 38 países

 

Katayama Alimentos investirá  R$ 15 milhões em 2021
26 de Fevereiro de 2021
Economia

Katayama Alimentos investirá R$ 15 milhões em 2021

A indústria avícola teve incremento de 40% em seu faturamento de 2020 e anuncia para este ano um aumento do plantel de aves e aposta nas exportações para Ásia e Oriente Médio

Cobb destaca importância dos ângulos de viragem para melhor eclodibilidade e qualidade do pintinho
25 de Fevereiro de 2021
Dicas Técnicas

Cobb destaca importância dos ângulos de viragem para melhor eclodibilidade e qualidade do pintinho

Por Scott Jordan, especialista em Incubação e Serviços Técnicos da Cobb-Vantress

VBP do agro atinge R$ 1 tri em 2021; avicultura crescerá 22,5%
24 de Fevereiro de 2021
Crescimento

VBP do agro atinge R$ 1 tri em 2021; avicultura crescerá 22,5%

A estimativa do Ministério da Agricultura indica que o Valor Bruto da Produção na pecuária crescerá 5,1% neste ano, puxado por setores como frango, carne bovina e leite

Mais assuntos do momento