15-Mai-2018 15:22 - Atualizado em 15/05/2018 15:34
Mercado

Tyson comprará unidades de processamento de subprodutos por US$ 850 milhões

Empresa espera que o negócio gere receita líquida de mais de US$ 550 milhões nos próximos 12 meses

 A Tyson Foods anunciou nesta terça-feira, 15, que chegou a um acordo para comprar os ativos de processamento de subprodutos de aves da American Proteins e da Ampro Products por US$ 850 milhões. A Tyson espera que o negócio gere receita líquida de mais de US$ 550 milhões nos próximos 12 meses, pois permitirá reciclar mais produtos de origem animal para rações, alimentação para pets e aquicultura e expandir a sua operação de ingredientes para ração animal.

Enquanto a Tyson aumenta a produção de frangos para fornecer mais tiras, peito e asas, também está procurando um destino para pés, pescoço e miúdos, que não são tão procurados por consumidores norte-americanos.

A aquisição permitirá à Tyson transformar essas partes de frango em ração para pets e piscicultura, mercados que ganharam maior importância para as empresas norte-americanas após a China – grande mercado para pés de aves e outros produtos – ter suspendido as importações de frango dos Estados Unidos devido a surtos de gripe aviária em 2015.

Segundo o diretor-presidente da Tyson, Tom Hayes, o processamento de subprodutos de aves para alimentação animal desempenha um papel fundamental no crescimento dos negócios da empresa e ajuda a cumprir metas de sustentabilidade da companhia. “Por meio deste negócio importante, nenhuma parte do animal é desperdiçada, e podemos reciclar ingredientes valiosos, transformando-os em rações para pets e aquicultura.”

Os ativos das duas empresas incluem quatro fábricas de processamento de subprodutos de aves localizadas na Geórgia e no Alabama e 13 instalações de mistura de ingredientes localizadas em Estados do Sudeste e meio-oeste dos EUA. Fonte: Dow Jones Newswires.

Dinheiro Rural / Estadão Conteúdo
Deixe seu Recado