Eurotec
22-Abr-2019 12:21 - Atualizado em 23/04/2019 10:49
Revista Digital

Um sistema de inspeção mais moderno

Está no ar a edição 1286 da revista Avicultura Industrial

Uma série de medidas está em estudo visando uma completa modernização do Sistema de Inspeção Federal em frigoríficos de aves. Os trabalhos vêm sendo conduzidos pela Embrapa Suínos e Aves e universidades parceiras, em conjunto com os Auditores Federais Fiscais Agropecuários (AFFA), atendendo assim uma demanda do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa/Mapa).

O trabalho é importante, pois vai de encontro a um dos principais fatores levados em consideração pelo consumidor no momento de compra de produtos cárneos, que é a inocuidade. O mesmo argumento vale para os governos internacionais, cuja exigência é por segurança alimentar dos produtos que importam, pois é cada vez mais evidente o peso de casos de Doenças Transmitidas por Alimentos (DTA’s) sobre a opinião pública frente aos eventuais casos em saúde humana.

O setor privado é um interessado direto, não só pela questão envolvendo qualidade e fiscalização, mas também com relação aos custos do processo, que tendem a se reduzir. O projeto envolve seis Planos de Ação a serem desenvolvidos no decorrer de quatro anos, com previsão para estarem finalizados em 2020. Uma das primeiras etapas foi a realização de uma análise estatística dos dados do Sistema de Informações Gerenciais do Serviço de Inspeção Federal (SIGSIF), que revelou a frequência de lesões ligadas a diversos fatores, algumas das quais poderiam ser confundidas com DTA’s.

Nesta edição, a seção Estudos da Embrapa traz artigo com os principais resultados correspondentes às condenações, obtidas a partir dos estudos ligados à modernização do SIF em aves, assim como dados preliminares da análise de risco, no qual agentes patogênicos como Salmonella e Campylobacter são pontos-chave no processo.

 

Uma boa leitura!

Humberto Luis Marques

 

Revista Avicultura Industrial
Deixe seu Recado