Guia Gessulli
29-Jan-2020 10:05 - Atualizado em 29/01/2020 11:58
Disponible en español
Agrodefesa

US$ 39 milhões em produtos agropecuários são apreendidos na Colômbia

Apreensões ocorreram no período de 20 e 26 de janeiro

De 20 a 26 de janeiro as autoridades colombianas apreenderam US$ 39 milhões em produtos como peixe, carcaça, cebola e arroz, que pretendia entrar ilegalmente no país.

No departamento de Arauca, foram apreendidos cerca de US$ 18 milhões em peixe e carne no canal durante o trabalho de patrulha aduaneira, depois que as autoridades perceberam que a mercadoria não possuía os documentos comprovativos de sua legalidade.

No município de Ipiales, departamento de Nariño, a Polícia Fiscal e Aduaneira (POLFA) conseguiu confiscar 3,5 toneladas de alho em pó e cebola em pó, avaliados em US $ 18 milhões. Da mesma forma, apreenderam 11 toneladas de arroz, que deveriam ser comercializadas no país sem os documentos necessários.

Em ações avançadas no departamento de Norte de Santander, via Puerto Santander-Cúcuta, as autoridades apreenderam 883 quilos de carne e 174 quilos de queijo, transportados sem medidas de saneamento.

Além disso, o CIIIP realizou a inspeção de 329 veículos que movimentavam 4.064 unidades de semovientes pelas estradas nacionais. Nesse procedimento, os uniformizados sensibilizaram os transportadores sobre as regulamentações estabelecidas pelo ICA para a mobilização de gado em diferentes áreas do país.

"Continuamos a cumprir a estratégia de combate ao contrabando e à ilegalidade, a fim de reduzir esses crimes que constituem um risco para a produção, a saúde e a segurança do interior da Colômbia", disse Deyanira, gerente geral da ACI. Barrero León. 

Quer acompanhar o que acontece na avicultura e na suinocultura?

Siga-nos no Facebook:

https://www,facebook.com/aviculturaindustrial

https://www.facebook.com/suinoculturaindustrial

Acompanhe nosso Linkedin:

https://www.linkedin.com/company/gessulliagribusiness

Precisa de algum serviço ou produto?

Pesquise no Guia Gessulli:

https://www.guiagessulli.com.br/

 

 

 

 

 

Redação
Deixe seu Recado