AveSui2021
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Assine a Revista Revista Digital Anuncie
Estados Unidos

Uso de antibióticos em animais de produção saltou 3% em 2019, diz FDA

As vendas desses medicamentos para o setor aumentaram 3%, após um crescimento de 9% entre 2017 e 2018

Broadcast Agro | Dow Jones Newswires
16-Dez-2020 08:56

O setor de animais de produção nos Estados Unidos aumentou no ano passado o uso de antibióticos voltados ao tratamento de humanos, de acordo com a Administração de Alimentos e Medicamentos do país (FDA, na sigla em inglês). Entre 2018 e 2019, as vendas desses antibióticos para o setor aumentaram 3%, após um crescimento de 9% entre 2017 e 2018, disse a FDA. Entre 2015 e 2017, houve queda significativa, refletindo esforços para a redução do uso desses antibióticos na produção de alimentos.

As vendas para criadores de suínos nos EUA aumentaram 9% no ano passado, o que pode estar associado à maior demanda da China por causa de surtos de peste suína africana no país asiático. Criadores de bovinos aumentaram suas compras desses antibióticos em menos de 1% no ano passado, enquanto as vendas para o setor de aves continuaram diminuindo, segundo a FDA.

AveSui2021_dentro

Criadores aplicam esses antibióticos para a acelerar o ganho de peso dos animais e para tratar doenças em criações de grande escala. Redes de restaurantes e supermercados vêm fazendo pressão para que a indústria de carne reduza o uso desses medicamentos, devido a temores de que seu uso generalizado nas fazendas os torne menos eficazes no tratamento de doenças humanas.