Roleste
25-Jan-2019 11:15 - Atualizado em 25/01/2019 15:01
Exportações

Ministro da Arábia Saudita diz que suspensão de importação do frango é cíclica

Mohamed Al Tuwaijri descartou ser algum tipo de retaliação ao mercado brasileiro.

O Ministro da Economia e Planejamento da Arábia Saudita, Mohamed Al Tuwaijri, disse ao jornal Folha de São Paulo, que a interrupção de importação de frango de 33 frigoríficos brasileiras é cíclica.

 A declaração foi feita em Davos, e, segundo o jornal, o ministro descartou ser algum tipo de retaliação pela intensão do presidente Jair Bolsonaro transferir a embaixada brasileira em Israel de Tel Aviv para Jerusalém. “Esses movimentos já ocorreram antes”, lembrou o ministro.

A Câmara Brasil Árabe afirmou nesta semana que os motivos da suspensão seriam técnicas e que, fazendo as adequações necessárias, as plantas descredenciadas podem retomar o comércio com o país.

Entre unidades descredenciadas pelo país árabe estão frigoríficos da BRF e da JBS. Até então o Brasil tinha 58 frigoríficos aptos a exportar para a Arábia Saudita. No entanto, somente 30 realmente estavam enviando o frango halal para o país. Com a nova lista, este número caiu para 25 plantas habilitadas a exportar.

Redação AI
Deixe seu Recado